...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Uma breve anotação



Confesso que estou cheio de textos pela metade, páginas com palavras esquematizadas para começar grandes histórias, universos enormes na cabeça que surgem enquanto caminho... Mas nada consegue se concretizar, tomar forma e ganhar finais. Acho que esse é um grande problema, as coisas já não conseguem mais ganhar grandes proporções. Não apenas para mim, mas para todas as pessoas.

Não sei se acredito na criação de grandes obras, nem mesmo sei se acredito nas medianas. As pessoas possuem cada vez mais tempo ocioso, e cada vez acreditam ter menos tempo para prestar realmente atenção nas coisas, observar e saborear o mundo com calma. Tudo anda muito rápido, e eu começo a me perder quando preciso ir longe em algo que eu pense em escrever, e acredito que quem vier a ler se perderá com facilidade ainda maior.

As pessoas estão envelhecendo muito rápido, dando os primeiros passos muito rápido, se preocupando com dinheiro muito rápido, com amores muito rápido, ficando adolescentes muito rápido, ranzinzas muito rápido, e seu espírito morre com ainda vários anos de vida pela frente.

Portanto, achei interessante deixar essa anotação aqui, um texto curto e sem utilidade, para uma geração que esta cada vez mais próxima da morte sem ao menos ter vivido.

Espero que a definição tenha alguma ligação racional com o fato de eu estar ficando sem colocar ponto final as coisas que começo.

Um comentário:

  1. Com certeza não é um texto sem utilidade (: Tudo, cada vez mais, parece ser muito rápido e assim, cada vez mais é difícil e quase insuportável acompanhar a velocidade de tanta coisa mudando. Quem nos dera tudo estivesse mudando pra melhor... Quem consegue ainda admirar o que de mais verdadeiro e sutil existe por aí, acaba sobrando e experimentando a solidão em alguma de suas formas. Ainda bem que, graças a uma pessoa muito querida, ouvi dizer que é a arte o que não nos deixa cair. Continue escrevendo, se expressando, procurando e se mantendo vivo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...