...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

domingo, 2 de outubro de 2011

Quem é você? Sério.


A questão é: Até que ponto você resiste consigo mesmo e não se deixa levar por ideias formadas? É aí que você diferencia pessoas de verdade de um monte de seres sem alma.

Porque é sempre muito mais fácil simplesmente olhar tudo o que está acontecendo e “ir junto”, porque quando todo mundo está seguindo determinadas ideias, formas de agir, de falar, de vestir, de ouvir, de fazer e de ser, é um privilégio de poucos conseguir continuar sendo quem sempre foi, seguindo as próprias ideias e características. Como diria o poeta, “é assim que se diferenciam homens de ratos”.
Todos sabem o que a mídia vem mostrando, o que as pessoas estão pensando, a forma de fazer politica, a forma de ganhar dinheiro, a forma de falar, todos já sabemos quais são as roupas que vendem mais, os artistas que vendem mais e os bordões que correm a boca do povo.  Todos já sabem o que esperar de cada pessoa na rua.
Porque as histórias de vida de cada um, não tem valor algum, não importa a complexidade ou o peso que possam ter.  E ninguém se incomoda em perder o seu valor, porque quando você for falar com alguém na rua, não faz diferença quem é, ou a vida que teve/tem, ou sua família, ou seus gostos, não importa nada disso, provavelmente ela vai ser igual a qualquer outra, mudam os corpos, mas as pessoas são todas “a mesma”.
Talvez seja uma questão de medo de ser sozinho que faz com que tenham essa vontade de se socializar, e assim ser igual a todo mundo, mas as pessoas precisam entender que enquanto não forem quem realmente são, serão sozinhos eternamente. Você só pode esperar sentimentos de verdade para contigo quando você é uma pessoa de verdade e deixa que todos saibam disso, é uma espécie de sinceridade consigo mesmo, é viver num mundo de verdade, no seu mundo de verdade.
A cada pessoa que morre nasce outra no lugar, esse é o ciclo, mas não faz parte do ciclo não importar quem morreu, e hoje é assim, não importa quem morre, são todos iguais, e as pessoas que estão nascendo vão ser iguais. a continuação de uma raça, e só isso.
Está cheio de “Eu te amo’s” por aí, cheio de gente se abraçando e cantando junto, mas estamos carentes de pessoas em quem confiar, pessoas que não mudam de acordo com as mudanças da TV, de acordo com sua cidade, de acordo com a sua família... Estamos carentes de pessoas com peito pra falar quem são, pra chamar perto de si quem realmente gosta delas com a essência que tem, sem precisar fingir ou acompanhar nada.

Não se engane pensando que vai ser solitário por ser quem você é, solitário é quem nem sabe realmente quem é, pois não tem nem a própria companhia. Sempre vai ter alguém em algum lugar que vai gostar de você por ser o que é, da mesma forma que você gostaria de conhecer pessoas assim.
Falta coragem para dizer... Esse sou eu! Não importa o quanto a humanidade mude, vou continuar sendo eu mesmo!

Acredite, enquanto tiver forças pra defender a sua personalidade, vai ter mais valor do que qualquer um que possa imaginar, porque as pessoas só podem ser felizes de verdade quando forem pessoas de verdade. O resto não passa de um monte de enganação, e sorrisos sem alma. 

2 comentários:

  1. "O resto não passa de um monte de enganação, e sorrisos sem alma." Lindo isso.
    E é verdade.
    É tão bom, quando estamos felizes, ter muita gente a nossa volta, cantar junto, sorri junto. É uma lembrança que vamos ter pra vida toda. Mas a gente sabe que quem é de verdade vai estar com a gente nos piores momentos. Alguém que não vai ficar nervoso se você ligar de madrugada, chorando, querendo desabafar. Alguém que te conheça, saiba o que você pensa só de olhar, pessoas assim se contam nos dedos.
    No caso da Ideia formada, é fácil seguir o que está na mídia.
    Se vemos no tele jornal, ou lemos em algum lugar: "O Homem foi à lua", "Homens evoluíram do macaco", "Os alienígenas invadiram a terra", "a cor da estação é roxa em cima e laranja em baixo" ou seja lá o que for, com palavras bonitas, algumas 'provas ou estudos comprovados' com meia dúzia de palavras difíceis, o que é mais fácil? Acreditar e passar pra frente. Porque se você duvida ou tem alguma outra opinião é chamado de louco e nada do que você pensa não faz o menos sentido. E quando se retruca, pergunta de onde saiu dessa ideia, a resposta é sempre a mesma: "Passou na TV. Saiu no Jornal". Porque é claro, eles nunca erram, não é mesmo?, não são humanos como nós. Na minha opinião a mídia é a maior fonte de desinformação existente. E vai ser assim até que tenham pessoas acreditando.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...