...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

sábado, 15 de janeiro de 2011

Diálogo Aberto #3

Então, estou aqui pra falar de um assunto muito sério...

Eu vim aqui na verdade me apresentar melhor pra vocês. Eu gosto de falar a verdade, e não gosto que as pessoas tenham pensamentos errados sobre mim, então foda-se se eu estou fazendo errado em abrir minha intimidade assim, mas eu vou esfregar minha vida na cara de vocês... é algo que eu preciso fazer.
Bom, meu nome é Ricardo Gonçalves, tenho 19 anos e sou um filho da puta - pelo menos é isso que andam falando por aí -. Sabe como é, cidade pequena, não demora muito para os boatos se espalharem.
Na verdade eu não tiro a razão das pessoas não gostarem de mim, de fato eu sou um filho da puta com quem eu não gosto. Não forço amizade com as pessoas, sou péssimo em manter amizades, não saio dizendo "eu te amo" pra quem acabei de conhecer, e definitivamente pra eu confiar em uma pessoa é muito, muito difícil mesmo. Por isso quando estou em um ambiente que não me agrada, ou que as pessoas não são minhas amigas -aquelas amizades verdadeiras- eu simplesmente me calo, sempre fui um cara timido e prefiro ficar quieto do que tentar ser simpático com uma pessoa que eu não tenho a minima intimidade. Podem achar que isso é ruim, mas eu penso pelo contrário... você sai se abrindo pra todo mundo, é amigo de todo mundo, mas chega na hora que você precisa de alguem você não sabe em quem confiar, ou confia nas pessoas erradas... por que você passa tempo demais se preocupando em manter a aparencia pra uma bando de retardado e esquece que amizade é mais do que isso, não é parecer um cara legal pra meia duzia de babacas que vão falar mal de você assim que você virar as costas. Amizade é poder ser você mesmo, sem se importar, pois sabe que aquelas pessoas que estão a sua volta estão ali por que gostam de você, não pra serem populares. Posso contar nos dedos de uma das mãos quem eu considero meu amigo... aqueles pra vida toda. O resto é "conhecido", no máximo "colega".
Não sei ao certo qual é a minha intenção nesse texto, eu nem ia falar de amizade nele.
Enfim, eu só queria dizer que eu posso ser um cara legal, ou um filho da puta... isso depende de você.

E por favor, se tiverem algum comentario sobre mim, alguma pergunta... venham falar pra mim, usa o meu twiter, comenta nesse texto, pergunta no formspring, sei lá, manda uma pergunta anônima que seja, eu respondo com toda a sinceridade do mundo pra você... só não saia fazendo comentarios idiotas baseados em boatos, ou no que seus "amigos" idiotas falaram pra você... >vai saber se eles são seus amigos de verdade.

Beijos, e me desculpem pela sinceridade e pelo mau humor.


fique a vontade

9 comentários:

  1. Tirando a parte da sua mãe e da cidade pequena, enxergo um espelho; é exatamente assim que eu sou com as pessoas. Teve uma época que eu tentei ser mais simpática e fazer mais amigos, mas não rolou, tava sendo uma coisa que eu não era, então.

    ResponderExcluir
  2. Bem...
    eu não preciso falar né.
    Se por ser assim vc é um Filho da puta
    Eu sou um FIlho da puta³³²²²³³

    ResponderExcluir
  3. /\ Coitada é da mãe de vocês IOHAEIHEIHOEOEA

    ResponderExcluir
  4. DHUASDSD não é "FDP" nesse sentido, nem esquentem DASUD

    ResponderExcluir
  5. Eu tambem não gosto muito de ser simpatica axo que me indentifico muito com vc !!
    Adorei esse texto Ricardoo
    bjsssss s2

    ResponderExcluir
  6. Percebi que no início deste artigo, você escreveu ''assunto'' com um s. bjs

    ResponderExcluir
  7. obrigado rôse...
    e obrigado pela dica "Professora Mafalda", eu não tinha percebido.

    ResponderExcluir
  8. um filho de uma mulher da vida . fica mais bonitinho :D

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...