...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Falando em All Star.


Olá. Como vocês já sabem ultimamente o Wômito sofreu algumas mudanças, além de textos, criticas e histórias. Agora também postaremos curiosidades sobre diversos assuntos, sem falar em novidades do cinema e da música. Bem e nada como contar a história deste fiel companheiro que sempre guia nossos caminhos. E eu como o ultimo dos três escritores do Wômito a adotar este estilo, faço isso com a maior honra.

Converse All Star

A nossa vida é feita de histórias, das coisas que vivemos e fazemos a cada dia e que nos trouxeram até o presente. A Converse não é diferente. Ao longo dos seus mais de cem anos, se tornou uma das marcas mais importantes do mundo. E para chegar até aqui, viveu histórias inesquecíveis”

1908 – 1918

Marquis Mills Converse funda a Converse Rubber Shoe Company em Malden, MA. Após iniciar a produção de calçados de lona, é lançado o Converse All Star, o primeiro tênis de performance para basquete do mundo. No final deste período, a Converse já produzia até 20.000 pares por dia. No mesmo ano Chuck Taylor amarra seu primeiro All Star.

1921 – 1930

Charles "Chuck" Taylor se junta a Converse com novas ideias para o All Star. Em 1923 o Harlem Renaissance é fundado. Também conhecido como o New York Rens, eles se apresentam por todo o país até 1949, remodelando o basquete e ganhando o primeiro Campeonato Mundial, com Converse nos pés. A assinatura de Chuck Taylor é incorporada ao logotipo All Star, marcando aquele que, até hoje, é reconhecido como o primeiro calçado de basquete endossado.

1935 – 1942

O campeão de Badminton Jack Purcell projeta junto à Converse o seu calçado - assinatura, inovador e durável, que mais tarde viria a ser um dos grandes sucessos da marca. A Converse modifica a produção para apoiar os esforços na guerra, projetando a bota A6 Flying Boot utilizada por toda a corporação aérea do exército americano e um tênis Chuck Taylor All Star para treinamento básico.

1949 - 1974

A Associação de Basquete da América e a Liga de Basquete Nacional se juntam para formar a NBA. Todos os jogadores calçam Chuck Taylor All Star.A Converse desenvolve uma versão baixa do All Star - o "oxford" - que logo se tornaria o calçado preferido, tanto de jogadores profissionais quanto daqueles que procuravam por lazer. Com tanto sucesso, o All Star Chuck Taylor ganha sete novas cores, além dos originais preto e branco. Em 1974 é lançado o One Star, um calçado de performance baixa que se tornou a escolha dos skatistas.

1976 – 1984

Enquanto o Pro Leather dominava as quadras de basquete profissionais, a Converse inaugurava um dos primeiros laboratórios de biometria da indústria. A Converse foi a patrocinadora oficial das Olimpíadas de Los Angeles, onde o time de basquete masculino americano ganhou medalha de ouro calçando Converse.

1986 – 1994

A Converse lança campanhas inesquecíveis, como "Escolha sua arma" e "Grandmama". Em 1992, o ChuCK Taylor All Star comemora 75 anos com 500 milhões de pares vendidos no mundo inteiro.

2003 - 2010

A Converse lança linhas de produtos assinadas com colaborações de John Varvatos e Dwyane Wade (primeira linha assinada de basquete da Converse, desde o Chuck Taylor All Star). Além disso, se junta ao RED, tornando-se parte do movimento mundial de conscientização. A marca entra no seu segundo século, honrando a herança de ver as coisas um pouco diferente, amar as pessoas que querem mudar o mundo para melhor e, basicamente, celebrando o espírito de rebeldia e originalidade.

Fonte: www.converseallstar.com.br

Curiosidades: Chuck Taylor All-Stars é o calçado mais bem sucedido da história, e tem desfrutado grande tendência graças a um ressurgimento da moda old school. Até o fim do século XX, foram vendidos mais de 750 milhões de pares no mundo inteiro. Já não parecem ser usados pelo seu principal alvo, o basquete (pelo menos na esfera profissional), e foram transferidos como sapatos modernos, sendo bastante utilizados por adolescentes. Alguns gostam tanto do tênis que fazem uma coleção deles ( O Cleber por exemplo ).

Na década de 1950, o sapato havia se tornado popular entre muitos fãs de rockabilly. Os fãs de punk rock adotaram o tênis como uma tendência de moda até o fim da década de 70. Voltou à moda na década de 90, graças a Kurt Cobain.


Comentários do Wômito: Bem basta conhecer a história do Chuck Taylor All Stars, para saber que ele dispensa comentários deste humilde escritor. Até

2 comentários:

  1. All Star não é só um calçado, é uma identidade.

    ResponderExcluir
  2. Alguns gostam tanto do tênis que fazem uma coleção deles ( O Cleber por exemplo ). HDUSAUDHU euri, eu tenho 2 pares só (por enquanto) :B

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...