...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

11 de Outubro de 2010

Hoje, há exatos 14 anos, Renato Russo, deixava de ser realidade, para se tornar memória... e Fãs tocavam suas músicas no seu funeral...



E este blogueiro, ou como queiram chamar, fica mudo. E se sente fraco pra não poder descrever tudo o que essa personalidade significou na sua infância, enquanto ouvia Geração Coca Cola e se isolava do mundo, suas primeiras raízes com a opinião forte, onde aprendeu a não ter medo de falar o que pensa, da forma que pensa...

Não há nada a ser dito, fiquem com um grão de areia do deserto de palavras de Renato Manfredini Júnior...




Aí então, vocês vão ver! Suas crianças derrubando reis. Fazer comédia no cinema Com as suas leis!

“Quando querem transformar. Dignidade em doença. Quando querem transformar. Inteligência em traição. Quando querem transformar.
Estupidez em recompensa. Quando querem transformar. Esperança em maldição: É o bem contra o mal. E você de que lado está?”

“Aonde está você agora. Além de aqui dentro de mim?

Agimos certo sem querer. Foi só o tempo que errou”

Até bem pouco tempo atrás poderíamos mudar o mundo. Quem roubou nossa coragem? Tudo é dor. E toda dor, vem do desejo de não sentir-mos dor...

“Não preciso de modelos, não preciso de Heróis, eu tenho meus amigos”

“Digam o que disserem. O mal do século é a solidão. Cada um de nós imerso em sua própria arrogância. Esperando por um pouco de afeição”

“Hoje não estava nada bem. Mas a tempestade me distrai”





Mas é claro que o sol. Vai voltar amanhã. Mais uma vez, eu sei

“Veja o sol dessa manhã tão cinza, a tempestade que chega é da cor dos teus olhos”

“Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar que tudo era pra sempre, sem saber que o pra sempre, sempre acaba.”




"Se o mundo é mesmo parecido com o que vejo, prefiro acreditar no mundo do meu jeito."

Sempre precisei
De um pouco de atenção
Acho que não sei quem sou”

"E nossa história não estará pelo avesso assim sem final feliz, teremos coisas bonitas para contar. E até lá, vamos viver, temos muito ainda por fazer, não olhe pra trás apenas começamos, o mundo começa agora, apenas começamos"

É tão estranho... Os bons morrem antes... ... ... ... ...



10 comentários:

  1. Que bixera esse Blog...
    é uma Bosta Renato Russo q q qué....

    ResponderExcluir
  2. cala a boca, idiota /\

    ResponderExcluir
  3. Haha.
    Alguém aí em cima já falou por mim
    ;*

    ResponderExcluir
  4. Renato foi o melhor, e ainda é. Pois fez-se eterno em nossas memórias.

    ResponderExcluir
  5. Tenho pena de quem não consegue reconhecer a genialidade do Renato, que por ser tão atemporal se faz vivo em nossas memórias. Parabéns pelo post :D

    ResponderExcluir
  6. ESSE AÍ DEIXOU UM VAZIO EM NOSSOS CORAÇÕES...
    PALAVRAS DE GRANDE VALOR!
    + É ISSO MESMO SÓ NOS RESTA LEMBRAR!

    ResponderExcluir
  7. Quem não consegue compreender a grandeza de um gênio como foi o Renato, também não consegue compreender o tamanho de sua ignorância.
    Talvez ele não soubesse de tudo, ou talvez ele simplesmente tenha dito os todos acreditavam na época e não tinham coragem de dizer.
    É possível que ele tenha nos estimulados a absorver nossas crenças e lutar pelos nossos ideais. Que a vida é bem mais do que se pode ter. Realmente Renato, é muito estranho os bons morrerem cedo, e mais estranho os mal permanecerem vivos.
    Renato Russo, um dos caras mais geniais que já tive contato com o seu trabalho. Musico brilhante, e como ele a verdadeira legião urbana somos nós, e por isso a sua lembrança nunca morrerá.
    (Jonys Couto)

    ResponderExcluir
  8. Quando comecei a ouvir Legião Urbana tbm tava no começo da formação da minha "personalidade", e como uma vez Legião sempre Legião, até hoje me emociono ouvindo suas músicas. “É tão estranho... Os bons morrem antes”...

    ResponderExcluir
  9. Um comentário um tanto atrasado...
    Mas foi a postagem que mais me chamou a atenção nesse muquifo! (brincadeirinha!)
    Certamente não existe como explicar Renato Russo sem as palavras do mesmo.
    A frase que mais me intriga e que se aplicou a ele é: "É tão estranho, os bons morrem jovens. Assim parece ser, quando me lembro de você, que acabou indo embora cedo demais"
    Que por sinal na postagem está errado, pelo menos com relação à música.
    Boa Artner!

    Abraços;

    ResponderExcluir
  10. Legião>>>All

    Ouço Legião desde pivete, do tempo que batia tazo na calçada da escola.

    R.R. Forever!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...