...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

sábado, 4 de setembro de 2010

Entrelaçar Destinos... Final


...Talvez as pessoas devessem nascer todas com pedras no peito, e naquele dia aprendi que quem ainda tem coração acaba o transformando em pedra também, chegando no quiosque, lá estavam algumas pessoas, com a música mais baixa, um cheiro mais forte de cigarro, perdi a garota ruiva de vista, mas o local não era grande, e percorri com o olho, quando me viro para um canto, lá estava o cara que tentou arrumar confusão comigo mais cedo, sentado em um sofá, era azul claro com riscas de grafite, não tinha braços ele estava com um copo de cerveja na mão, a outra passava nas costas da garota que estava no seu colo, ela entrelaçava sua cintura com as pernas, estava de costas para a porta aonde eu havia entrado, e beijava o pescoço do rapaz incessantemente , enquanto ele bebia cerveja e arranhava suas costas, ao lado do sofá havia um sutiã no chão, a calça da mulher deveria estar aberta na frente, pois atrás ela estava meio abaixada e dava pra ver a renda vermelha, não dava pra ver seu rosto, o cabelo preto e liso o encobria enquanto ela o beijava.


Foi então que ele levantou sua blusa com a mão e eu pude ver, uma tatuagem, uma maçã azul, assim, minha mente apagou, entrei em outro mundo, o mundo das memórias, e me voltou um diálogo...

- Uma maçã? Você sabe que não devemos confiar em alguém que tatua uma maçã nas costas, símbolo do pecado e do desejo, não posso confiar em você!haha.

- Haha, não se preocupa amor, ela é azul, significa também sabedoria, vou usar para escolher alguém pra amar.

- Eu já encontrei *-*

Não senti mais as mãos, o copo caiu ao chão, e eu falei seu nome, nem consigo saber se eu falei ou gritei, se tinha tristeza ou raiva na voz, se sabia o que estava falando, ou se estava só tendo alucinações... Então, ela parece ter ouvido, afastou a cabeça do pescoço do rapaz, jogou o lado esquerdo do cabelo pra trás com dois dedos, e virou para o mesmo lado até o seu rosto alcançar minha visão...


E sabe tudo aquilo que falam sobre perder o chão? Então, é exatamente daquela forma, parece que todas as horas que você passa na sua vida ficam pequenas perto daquele minuto, e todas as coisas que você já viveu se resumem aquilo, poucos segundos em que tudo vira um caos, é uma mistura tão grande de sentimentos que chegam a deixar tonto e desorientado, a sua mente e o seu coração criam sentimentos que você nunca havia imaginado antes, em um minuto, o maior amor da sua vida se transforma no carrasco do seu coração, e você descobre que o coração realmente dói, como se fosse apertado, até que não tivesse mais como suportar, e você sente vontade de cuspi-lo, para se livrar daquela dor.


Era ela, a única garota que eu tinha amado, pra quem eu havia entregado os meus sentimentos, a minha garota perfeita, a minha vida... Era ela, sentada no colo de outro cara, daquela forma, havia inventado desculpas pra eu não ir a festa, e agora estava ali, com outro, a minha namorada, eu havia escolhido ela para dar todos os sentimento que eu guardei durante uma vida, por não confiar em mais ninguém, com quem eu pretendia passar todos os dias da minha vida, compartilhar todas as alegrias, a pessoa que eu queria ao meu lado toda manhã ao acordar, com quem eu seria feliz, e agora ela estava ali.


Eu nem percebi mais que estava em uma festa, pra mim a música ficou muda, as pessoas paradas, e invisíveis, os aromas secos e eu só via seu rosto, com uma maquiagem pesada, a mesma que eu gostava, ali, com ele, sentada no seu colo, ao olhar pra mim ela se assustou, levantou e se virou pra mim, e sua calça realmente estava aberta na frente, ele ainda sentado colocou a mão na sua perna direita quando ela ficou em pé, e ela só baixou a cabeça...


Bom, se vocês esperam algo de mais extraordinário, sinto muito, eu apenas me virei, guardei o coração no bolso, e com a sensação de morte sentimental fui saindo, como se não estivesse mais ali, como se fosse tudo um sonho, e eu estivesse indo procurar o primeiro penhasco pra me jogar, peguei o carro, e fui pra casa, meus amigos ficariam lá dormindo em um hotel, o caminho pra casa foi o mais longo da minha vida, as ruas eram mais escuras, o som desligado, a neblina acinzentada, as lágrimas mais doídas e a cama foi a mais gelada, ainda me sinto mal por não conseguir expressar tudo o que eu senti. Aquela dor foi remoendo meu coração por dias, triturando aos poucos, a cada minuto que eu lembrava do seu rosto, ou seja, todos os minutos de todos os dias das semanas seguintes.


Aliás os dias foram passando, e eu descobri que eles eram namorados, e eu era o outro, na verdade, eu era o brinquedo, me senti tão mal, além do coração partido, ainda tinha sido um idiota, eu fui um idiota o tempo todo, e todas as palavras românticas, e os sentimentos sinceros ela estava rindo por trás. Ela, nunca mais me ligou, ou me procurou, felizmente nunca mais a vi, e talvez por isso não foi pior, por isso não tenho mais o que falar aqui as lembranças eu guardei como se fossem histórias de um livro que eu li, e nada mais, e como se eu nunca tivesse sentido seu cheiro ou tocado sua pele, bom, eu estou vivo, e já é o bastante pra mim. Desculpem o fim sem emoção, mas é que já não tenho mais lágrimas, elas congelaram... Assim como o meu coração...


@womito

@CleberArtner

Comunidade

# Partes anteriores



19 comentários:

  1. Final lindo. Só que na maioria das vezes o papel é que se inverte, né. E se esse final não teve emoção hunf HAHHA Pena que acabou. ):

    ResponderExcluir
  2. Assim como li uma vez, quebrar a cara é parte integrante da vida...

    ResponderExcluir
  3. beem,lindoo! historia de arrepiar.
    qndo vai ter outra ?

    ResponderExcluir
  4. Oii
    Obrigado...
    Então... acredito que haverá outra história
    mas não tão cedo
    e com um estilo totalmente diferente
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Amei o final.
    A maioria termina com felizes para sempre. E esse foi diferente

    ResponderExcluir
  6. Realmente gostei, e reflete a realidade, nem tudo é "felizes para sempre", aliás, na maioria das vezes não é... e nesses momentos guardar o coração no bolso é a melhor escolha.

    ResponderExcluir
  7. Estou ansiosa para a próxima história... E o que dizer desta? Simplesmente PERFEITA! Um final bom, real, e só tenho a dizer : Meus parabéns! Foram poucos blogs que encontrei textos tão bons quanto os de vc's.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado garotas *-*
    Mesmo!
    É Justamente por direcionar o blog para pessoas inteligentes e ver qeu elas acompanham os textos que eu já penso em começar uma nova história...
    beijo

    ResponderExcluir
  9. Oi, como já disse a garota ao lado tbm achei seu blog por acaso. Assim que entrei no seu blog já despertou minha atenção apenas pelo nome, e pude perceber o estilo, meu estilo tbm. Guardei nos favoritos, e só hoje vasgulhando o pc lembrei-me de dar um olhada. Li várias postagens, mas essa história realmente foi inucitada. Poxa essas coisas só acontecem em livros. Fiquei surpresa com a história, é uma pena que as coisas não aconteçam da maneira como imaginamos. Pude sentir pelo menos da metade do que você sentiu. Parabéns pelo blog e pelos bons textos. Sorry pelo texto no comentário, rsrs. Lidiane Costa

    ResponderExcluir
  10. Nuss é só uma história.. Ah tem a ver sim com a realidade, de qualquer forma foi brilhante!
    Lidiane Costa

    ResponderExcluir
  11. Lidianee...
    Obrigado
    e fique a contade pra comentar o quaaanto quiser
    palavras, textos, ou só deixar uma marca
    beijos

    ResponderExcluir
  12. um bom e velho romance a moda antiga, muito bem escrito utilizando um pouco d sua personalidade cleber, e um final totalmente diferente d outros. mt bom mesmo garoto vc tem futuro!!!!

    ResponderExcluir
  13. uau, parabéns... escreve mtoo bem =]

    ResponderExcluir
  14. Gostei da história, e, infelizmente acontece muito isso... os papéis se invertem, mas a história só muda os personagens mesmo...
    Muito bem escrito, parabéns!

    ResponderExcluir
  15. Sabe, as vezes as pessoas comentam algumas coisas, como nessa história, e eu não sei como responder ;$.
    Me tornarei um chato em repetir, mas ..
    Obrigado

    ResponderExcluir
  16. Não sei se estou triste pelo fim da história, ou por .. bem, você sabe.
    Parabéns Artner.

    ResponderExcluir
  17. são vocês que escrevem esses textos, são de mais.

    ResponderExcluir
  18. Joseane Guillespie14 de julho de 2011 16:37

    A cada dia que passa eu descubro um texto, e a cada texto que eu descubro, eu me apaixono mais pelo wômito...
    Vocês são INCRÍVEIS!! E... obrigada por dar às pessoas a oportunidade de ler os textos que vocês escrevem, pra mim esse blog é um refúgio...
    beeijos ^^

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...