...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

sábado, 14 de agosto de 2010

Entrelaçar Destinos #5

Alguns poucos meses se passaram, e eu tinha certeza que o meu sentimento era correspondido, via nos seus olhos quando me encontrava, ainda lembro um dia em que tínhamos ido a outra festa, estava pior que a anterior, e ficamos lá fora, ouvindo a música meio distante e olhando as estrelas, já era verão e podíamos sentar no chão, a falta de cerimônia dela lembrava a mim mesmo, e assim nossos laços foram aumentando.

Nosso único problema era a distancia, como havíamos nos conhecido na cidade vizinha, tínhamos a mesma entre nós, eu morava de um lado, e ela do outro, ficava feliz quando podia vê-la uma vez na semana, e por isso tentava aproveitar cada minuto com ela. Ela tinha uma tia que morava na minha cidade, e fazia um curso nas sextas à noite aqui, algumas vezes roubei-a do curso para irmos a algum lugar, outras ela ficava posando na casa da tia para passar o sábado comigo.

Era tudo assim, estávamos namorando, mas não nos víamos todo dia, eu não conhecia sua família, e vice-versa, nem conseguíamos entender como nosso sentimento era tão grande, talvez a distancia adocicasse nossos encontros, eu nunca tinha ido para a sua cidade… E já era tempo de fazer isso.

Haveria uma festa, sábado à noite na sua cidade, meus amigos loucos pra ir, então a convidei para irmos juntos, aparentemente gostou do convite, mas me disse sorrindoe dissessantes, eu poderia ficar um tempo com ela, talvez conhecer sua fameram que façamos, neriam minanta tregar, no momento que teria que estudar, tinha alguns trabalhos para entregar e, além disso, não gostava das pessoas que estariam lá, sentir-se-ia mal, no momento fiquei meio desapontado em perder a chance de ficar um pouco com ela, mas como eu sempre digo se fizermos tudo o que esperam que façamos nos tornaremos sem graça. Meus amigos iriam à festa de qualquer forma, combinei com eles de ir até lá sem que ela soubesse, eles ficariam na festa, e eu iria pra casa dela, estávamos tão bem, tinha certeza que ela ficaria feliz em me ver aparecer de repente, eu poderia ficar um tempo com ela, talvez conhecer sua família, e mostrar o quanto eu queria fazer parte da sua vida.

Nesse sábado, diferente do primeiro que relatei me vesti da forma como eu me sentia mais seguro, afinal, pretendia conhecer pessoas importantes, pelo menos pra mim, Um espelho a frente, na bancada ao lado um copo com wiski, All Star, uma calça Jeans Preta, e camisa Azul Escuro, simples e contrastante, espalhei o cabelo, olhei o resultado no espelho, e tomei o que restava de wiski no copo.

Ficaria muito estranho chegar à casa de alguém depois de meia noite sem avisar, então, como a festa começaria super cedo, chegamos lá por volta das dez da noite, no carro, enquanto viajávamos, e todo mundo cantava ao som de Hevo, eu ouvia as letras e ficava voando em meus pensamentos, imaginando à hora em que chegaria até sua casa, tocaria sua campainha, já podia ver seu sorriso, e sentir o gosto do seu beijo na minha boca.

Só havia ainda um pequeno detalhe, eu não conhecia a cidade, e não sabia como chegar até sua casa, então, cheguei à festa com os meus amigos, e fui procurar sua amiga, a mesma que estava ao lado da piscina na outra festa, sabia que ela iria nessa também, afinal, meu amigo e ela mantinham um contato bem próximo, se é que me entendem, assim ela poderia me explicar como chegar.

Essa festa também era em uma casa, não tão rústica nem com tanto charme quanto a outra, a entrada era mais moderna, podia-se ver a parte frontal da casa com um piso de porcelanato cinza chumbo, ouvir a música alta, e ver os reflexos de luz na parte de trás da casa, fomos seguindo aquele piso, até chegar finalmente na festa em si...


Entrelaçar Destinos #1 - #2 - #3 - #4


Continuação

7 comentários:

  1. Primeiro comentário meu de novo. $:
    Por que você não posta o #6 hoje mesmo? ok, parei.
    Ansiedade, básica. Gosto do modo como você define ela.

    ResponderExcluir
  2. acho qe fui a primeira a ler haha, mas mew, cada vez ta melhor cleberzito *--* mata minha curiosidade e escreve a continuaçao o qt antes! beijinhos da fã numero 1 haha

    ResponderExcluir
  3. O fi, eu acho bom você ir começando a escrever a novela. IOHAA Você é muito bom OAIHOIHEHOAIOAEEA
    Mas não demora pra postar a #6 há

    ResponderExcluir
  4. Namoros à distância são sempre bonitos, na maioria das vezes são sinceros! :)

    ResponderExcluir
  5. *-*
    Não se preocupem, acho que o 6º será escrito logo...
    a princípio será a ultima parte... se eu não mudar na hora

    ResponderExcluir
  6. to adorando *-* ansiedade! #6

    ResponderExcluir
  7. Essa história está despertando mais curiosidade do que eu imaginava...
    acabei de ler todas... e aconselho todos a reler.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...