...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

domingo, 18 de julho de 2010

Entrelaçar Destinos #1

Que me desculpem as garotas de 12 anos, mas como me considero um Viciado em Blogs, e leio diversos textos por dia, não poderia deixar de fazer a versão do Wômito de um dos mais clássicos tipos de textos em blogs.

Às garotas (normalmente são garotas) que escrevem: são realmente muito bem escritos, e a maioria está de parabéns. Mas... Vamos lá.



Entrelaçar Destinos

Todos os meus amigos esperavam por aquela festa a semana inteira, era Agosto, o frio batia a nossa porta e a vontade de ficar em casa também, eu não conseguia ver graça em uma festinha cheia de gente estranha, ainda mais em outra cidade. Sempre tão caseiro não estava com a mínima vontade de ir até lá, mas como eu queria acompanhá-los (isso sempre tem na história, sem personalidade pra dizer ‘não’) acabei indo. Confesso que no dia ainda tentei pensar em desculpas para não ir, mas realmente não estava em um dia bom nem ao menos para inventar desculpas.

Encontramos-nos um pouco antes, vesti minhas roupas comuns, aquela calça Jeans ainda estava com a marca da caneta que estourou no bolso, e o Tênis rasgado na lateral, meus amigos todos bem arrumados, como se estivéssemos indo para o evento do ano, um deles usava uma camisa por baixo da blusa listrada, com a gola aparecendo, enquanto outro parecia ter tomado um banho de perfume, é realmente era só eu que não estava nem aí pra essa festa.

Enfim, a noite foi caindo, pegamos o carro, paramos para abastecer, como crianças que já não éramos mais, nos abastecemos com pacotes de Doritos e Coca Cola meus amigos naquela animação toda, ouvindo ACDC e cantando junto sem entender metade das letras, fazia um frio animador, aquela neblina rasteira, clima típico do sul, em paisagens que mais pareciam filmes de terror, a viagem não era tão longa, e a cidade para qual iríamos era pequena, parecia que a festa mesmo era o fato de irmos até lá, às vezes dava a impressão que ao chegar diria um “oi” a meia dúzia de pessoas e voltaríamos.

Bom, não foi bem assim, na metade do caminho, como não poderia ser diferente algo tinha que acontecer, nada de mais, mas já servia para atrasar a viagem, um pneu furado, quem diria que acabaria com a magia de tudo, simplesmente paramos pra trocar, enquanto alguns reclamavam pelo atraso na festa. Felizmente foi em um trecho com algumas casas, descemos e meu amigo pegou outro pneu no porta-malas, enquanto segurava o macaco até a parte de cima tocar o carro vi aquela sombra se aproximar, parecia alguém vindo ao longe, ou não tão longe assim...

(Continuação)

13 comentários:

  1. Continua sim õ/ Ficou muito legal manolo *-* q

    ResponderExcluir
  2. Você conseguiu me deixar com curiosidade pra saber o final [hn]riariaria

    ResponderExcluir
  3. Continua, continua, continua, continuaa *.*

    ResponderExcluir
  4. Bom saber que outro estilo de texto tbm foi bem aceito :B

    *-----*

    ResponderExcluir
  5. ossa termine essa merda, ta um lixo mas eu quero saber o fim :)
    não que eu me interesse lalala

    ResponderExcluir
  6. quero ler um fim também *-* hahah

    ResponderExcluir
  7. Continua, né *-*
    ah, feliz dia do amigo, pessoa mais parecida comigo que conheço ;**

    ResponderExcluir
  8. Cleberziito, contiinua
    como sua fã numero um voce tem qe acatar meu pedido. pooor favor *--*
    voce falo qe reclamações só poderiam vir por comentários, entao eu to aqui! escreve maais *--*
    pls ;) beeijinhos (voce sabe quem é) :*

    ResponderExcluir
  9. mas é claro qui continuaaaaa;;;;;;;

    ResponderExcluir
  10. oomg, eu li esse texto na comu, nuss mto lindo eu chorei

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...