...

Porque palavras não se falam... se Vomitam

sexta-feira, 26 de março de 2010

Orcas Assassinas e o Direito dos Animais


Olá meus caros amigos, ja fazia um bom tempo que eu não aparecia por aqui, mas, para a felicidade (ou não) de vocês, eu voltei!
Pelo título do post você deve ter imaginado "aff, mais um idiota dando notícia de que uma orca matou um treinador"
Eu sei que você ja leu/viu/ouviu isso 1 milhão de vezes e ja deu tempo até de esquecer da notícia. Basicamente seria isso, mas eu não vou roubar algum texto de algum portal de notícias famoso sem citar fontes (como a maioria dos blogs são acostumados a fazer). Ao invés disso eu vou aprofundar um pouco mais na questão "Direito dos Animais" e vou deixar um pouco de lado essa "fatalidade" que por sinal eu adorei saber :D
Então, chega de blá blá blá, e vamos ao que interessa:

Bom, caso você seja um idiota completamente alienado e não saiba disso...

"[...] Só por meio da violência pode-se fazer com que um animal selvagem execute comportamentos que vão contra a sua própria natureza, como pular um arco de fogo, dançar ou andar de bicicleta... No circo, os animais passam por treinamento que envolve choques elétricos, chicotadas, chapas quentes e outros meios que os violentam.[...] E tudo isso para quê? Só para que o público possa assistir a um urso andando de bicicleta?!"

Fonte: http://www.wspabrasil.org

Você pensava o que? que os animais saiam tranquilamentes passeando e chegavam no circo (ou qualquer outro lugar que tenha esse tipo de bizarrice) tipo: "oi, eu sou uma orca e sei dançar"
Acordem pra vida, animais não escolhem sair do seu habitat natural, eles simplesmente são arrancados de lá, pra que você idiota que vê esse tipo de "show" possa rir. É... rir, por que você não vai ganhar nada mais do que alguns minutos de "diverção".
E então você vai ao circo e vê aquele urso abraçando o treinador, o que te dá a falsa impressão de que ele está aí por vontade própria e não foi chicoteado centenas de vezes pra aprender esse truque. Recomendo a você dar uma volta pelo circo, ver as jaulas onde os animais ficam instalados, e ainda te desafio a ficar trinta minutos dentro de uma jaula apertada, no meio das suas próprias fezes. Achou ruim a idéia? Bom, esse tipo de animal de circo passa a vida inteira lá e ninguém acha isso ruim, engraçado não?
Então, não vá em lugares que tem animais como atração, não incentive esse tipo de conduta. Afinal de contas aqueles animais só estão lá por que vocês gostam, se vocês pararem de assistir, eles param de maltratar, simples e objetivo.

Que tal dar uma breve lida na Declaração Universal do Direito dos Animais?

Vou parar um pouco de falar de circos antes que o Seu Beto Carreiro puxe meu pé de noite.

Então te faço uma pergunta: "você sabe oque é vivissecção?"
Se não sabe, te faço um breve resumo:
Vivissecção é o ato de testar se métodos cirúrgicos vão funcionar, se medicamentos terão algum efeito colateral, ou o que acontece se você mulher desastradamente passar batom no olho .-. (sério, espero que você não seja idiota a ponto disso)
É claro que tudo isso é testado em animais né. Agora, imagina ter seu corpo doado para ciência enquanto você ainda está vivo.
Se você tiver estômago, assista.

Ok, agora você ja deve estar se revirando na cadeira pensando em me dar uma surra via comentários: "Cara, vivissecção é para avanço da ciência, para curar suas doenças, blábláblá"
Imbecil, antes de pensar em comentar isso vá ler um pouco e se informar sobre o assunto (coisa que eu fiz antes de postar isso, por isso a demora em postar).
Se você acredita nessa baboseira de avanço científico, sugiro que pegue seu cachorro agora e vá fazer seus testes enquanto ouve ele gritar desesperadamente de dor até morrer. (brincadeira cara, largue esse cachorro!)
Se você não for um doente sádico você deve ter pensado "Porra, não vou fazer isso, é desumano :/"
Então, deixe eu entender, se você pratica é desumano, mas se outros praticarem por você não tem problema né? maldito hipócrita espero que você morra! É oque dizem, o que os olhos não vêem o coração não sente.

Usem cosméticos e remédios que não se utilizam desse meio para testes, não seja um assassino sádico.

Agora que você está pensando que vai morrer sem remédios se pararem de testar em animais, é bom você saber que existem métodos alternativos pra isso, clique aqui para ler. (sério, leia mesmo, isso complementa meu ponto de vista!)

Bom, ninguém gosta de textos grandes, então vou parar por aqui.
Mas primeiro é bom saber algumas coisas sobre mim:

1- Eu amo mais os animais do que você
2- Se eu pudesse te salvar ou salvar um animal, eu salvaria o animal, simplesmente pelo fato de saber que ele não vai me trair depois que eu 'estender a mão' pra ele
3- Se você não gosta de animais eu desejo a sua morte (sério)
4- Infelizmente eu não sou Vegetariano ou Vegano, eu morreria de fome na minha casa se eu fosse :/ mas eu aconselho a quem tem interesse. Leia sobre Vegetarianismo e Veganismo

Até qualquer dia desses amigos :D
Comentem :*
.

terça-feira, 23 de março de 2010

As Coisas Mudam


Hoje de manhã estava indo trabalhar, e naquele movimento de crianças indo para a escola eu vejo na esquina um “casal” se beijando, haha, é, deviam ter uns 10 anos de idade cada. Não sei me pareceu meio curioso, nada de errado, ou sei lá, poha, dez anos, mas me fez voltar no tempo, e ver como as coisas mudam, como eu estou hoje... Hoje completo 19 anos, e tudo é tão diferente, não tanto na sociedade, pode até ser, mas em mim, como os valores mudaram, e me recordo do tempo em que eu ia pra escola de manhã, aliás, eu adorava o frio, ir andando por cima da geada e vendo telhados brancos. E como eram as relações de timidez com as garotas, é sempre fui tímido, e me lembro da forma como as relações eram bonitinhas e tão superficiais, aliás, talvez na sociedade velha as relações ainda sejam superficiais, mas nem sempre são bonitinhas como antes. Tudo bem, confesso, não pude me ver naquele casalzinho que mal sabia se abraçar, eu demorei muuuuito mais pra começar a beijar, muito mesmo, haha, timidez a flor da pele, parcialmente vencida com muito esforço, mesmo, é, tive que engolir muitas frases e idéias para vencê-la, mas não me arrependo, agora convivemos em harmonia, e eu a amo, e tudo o que ela fez por mim.

Lembro dos artistas de TV, na época que eu assistia TV, os melhores sempre diziam que eram tímidos quando jovens, eu nunca acreditei, mas agora acredito. Timidez na infância pra mim foi o grande suporte pra tudo o que eu sou, e também a aparência estranha e pouco atrativa (esta não mudou muito), me fizeram tão bem. E hoje me dou conta de como o tempo passou. Aliás, agora me vejo no dever de falar palavrões para todos os lados, mostrar o que penso, enfrentar as pessoas, zombar de todos aqueles sobre quem escrevo no blog e considero retardados, tenho a segurança de falar para quem quiser ouvir, e de criar textos como este.

Não sou um amor de pessoa, mas ao mesmo tempo sei que sou um amor de pessoa se você merecer, mudei e não paro de mudar, mas nunca perder a essência, me conheço, mas nem sei totalmente como vou acordar amanhã, tanta coisa....

Agora você pode ficar pensando o que me levaria a fazer isso. Acho que é importante saberem que por trás de um monte de palavras de efeito existe alguém, alguém de verdade, egocêntrico por ofício, e que pode cruzar por você qualquer dia na rua. Então quando se pergunta se isso aqui no Wômito seria só pra falar sobre mim eu te respondo... Não

Isso é pra você parar agora, e pensar sinceramente... Você se conhece??? Provavelmente nunca parou pra pensar quem é...

... É as coisas mudam...



domingo, 21 de março de 2010

Saco Fecal



Hummm

Título sugestivo

O que são sacos fecais afinal?

Haha, no momento essa é a definição para o parâmetro geral do cérebro do nosso grande “povão” brasileiro, suas cabeças são verdadeiros sacos fecais.

Uma forma legalzinha de falar que a cabeça da nossa sociedade está entupida de merda :D

Aah, agora posso utilizar uma infinidade de opções para direcionar essa conversa, afinal, tem tanta coisa pra se falar a respeito da merda que ronda a cabeça do nosso amado povo brasileiro. Porem, vou direcionar de uma forma bem simples, pra que todos possam entender sem muita complexidade, vamos falar de sucessos nacionais.

Mas, como eu adoro ditados populares, “na merda quanto mais meche, mais fede”, então vamos desenterrar algumas coisas que vocês já tinham esquecido, talvez puxado a descarga da mente, ou só guardado no cantinho pra entupir mais com fezes renovadas.


É, a idéia central é lembrar vocês de algumas vergonhas que o brasileiro deveria sentir, e ao mesmo tempo em que o brasileiro teima em continuar seguindo, apenas com roupagens diferentes. Então depois de uma introdução tão introspectiva, vamos lá...


OS GRANDES SUCESSOS DA MÚSICA BRASILEIRA


Hey, o que você acha de agora mesmo baixar um CD do “É o Tchan”?, haha, é, e gravar um vídeo dançando amarra o tchan, e toda essa babaquice que o brasileiro já idolatrou, bom, se você não tem um corpo como o das dançarinas do mesmo citado, você pode ser mais saudosista, pode relembrar Gretchen, é, aquela garota formosa, com suas danças lindas e sua inteligência avançada que o Brasil tanto amou um dia.

Aliás, falando em um dia... Um dia você já latiu como um cachorro?.. “só as cachorras... au, au, ...” haha, muitos fizeram isso, e tinham orgulho disso. Cara como o brasileiro é fofinho.


Falando em animais, era a coisa mais linda ouvir no som dos carros aquela melodia perfeita, com uma letra magnífica, e um cara com uma voz afinadérrima, com um cérebro que era inteligência pura cantando “pocotó, pocotó, minha éguinha pocotó...” Hey, o brasileiro já se curvou diante dessa merda, haha, somos tão ingênuos, o que tem de errado em idolatrar esses gênios da música popular brasileira? “Vai lacraia!..

Agora pra quem é mais moderno, não curte muito esse negócio de animais, ou de “carrinho de mão”, pode se divertir com o Hit da “Dança da Motinha”, cara, é perfeito, quando passavam na TV todas aquelas pessoas dançando junto, uma sintonia incomparável.


Ainda nas danças, nada mais lindo do que dançar até a boquinha da garrafa, aliás, aquela letra foi coisa de gênio, a forma como usava as palavras e toda a criatividade para imaginar uma dança em cima de uma garrafa (quem inventou isso um dia deve ter resbalado e caído em cima de uma garrafa, coisa de Newton)

Pro pessoal mais festeiro, não vamos esquecer de hits como “festa no apê”, músicas bem elaboradas, com conteúdos que fazem as pessoas pensarem, que criam linguagens, que transformam o mundo em um lugar melhor para se viver, como o brasileiro é feliz!

Me desculpem por esquecer um monte de passagens legais como essas da nossa história, mas como eu ando com o tempo muuuito curto pra escrever, já deu pra dar uma relembrada.


Então vamos trazer essa nossa conversa para uma história mais recente, e lembrar vocês de quando sair de casa colocar no som do carro um dos sucessos diversificados da banda dejavu.É impressionante a quantia de musicas que aquela banda tem, e a forma como elas se diferenciam e se destacam uma da outra. Deve ser por isso que as pessoas pagam pra ir a um show deles, onde só um monte de maquinário digital faz todo o som, e mesmo assim ainda é horrível.


Bom, essa febre já vem passando, como todas as outras, mas não desanime povo, o brasileiro sempre arruma outra merda pra foder com a sua reputação. Cultura lesada, aliás, já temos o nosso “rebolation”! Ta aí pessoal, podem se divertir com esse lixo por mais um tempo, logo passa, como todo o resto, e só fica no ar aquele sentimento de pena, desse monte de gente burra e lesada. Ah, da nojo também...


Da licença... Vou Wômitar

;*


sábado, 13 de março de 2010

Cerveja


“Ah, só faltava agora o retardado implicar com a nossa cerveja, que merda!”


... Obrigado a quem pensou isso quando leu o título, mesmo, adoro quando as pessoas ficam imaginando o que vai vir mesmo antes de eu começar, é legal... Ah, adivinha o que eu estou tomando enquanto escrevo isso :B, haha, café (pensaram que era cerveja né), nada melhor que cafeína pra eu não sonhar com nada e conseguir dormir pouco sem notar.

Então, não é hoje que vou falar sobre a cafeína, talvez outro dia. Primeiro.Eu bebo cerveja, não gosto muito, mas nem sempre as coisas doces tem graça, e não bebo sozinho, é o tipo da coisa socializável, fica meio sem sentido tomar aquele negócio amargo sozinho, e definitivamente, não fico bêbado, coisa de ignorante.


Bom, não convém você saber o que eu faço ou deixo de fazer, foi só uma pré-introdução.

Definitivamente, não tenho nada contra a cerveja, mas tenho muito contra “a cerveja”, haha, é isso mesmo, aquela idéia que tira a cerveja do balcão das bebidas e coloca no Hal do simbolismo popular. É algo tão retardado, fica até meio sem sentido falar, todo esse sentimento por trás de uma bebida amarelada, que pra deixar realmente bêbado é preciso tomar uma grande proporção, se a idéia fosse essa tomaríamos vodka, se fosse pra matar a sede mataríamos com água, fosse pra deixar atento tomaríamos energético ou cafeína, fosse pra ser gostoso tomaríamos coca-cola ou suco de laranja, então, para que serve?

Sabe, até aceito bem a idéia de socialização, a bebida que os brasileiros se reúnem pra tomar e conversar, assim como o chimarrão no sul, ou a coca-cola para a juventude, ou o chá na Inglaterra, talvez como o dominó para os senhores da praça, ou as estrelas para um casal apaixonado :B, tá, não vamos exagerar também, mas o fato é que esse ponto é até considerável, “vamos nos reunir pra tomar uma cerva”, eu já fiz isso algumas vezes, e isso não mata ninguém.


Mas acho que o importante nessa postagem é falar como as pessoas “amam” cerveja, como sinceros retardados, aqueles clichês que elas usam, todas aquelas babaquices que falam como se todos tivessem que adorar cerveja, algo que faz alguém se sentir melhor sem motivo nenhum, só por tomar cerveja. Cara, isso é um dos ápices da decadência no Brasil, alguém precisar tomar cerveja pra pensar que é legal e importante, que merda! É tão banal que eu poderia comprar cerveja e dar pro meu cachorro tomar, se bem que se eu fizer isso e o meu vizinho ver ele vai dizer que o cachorro é um “super-cachorro” porque toma cerveja


Tudo se torna uma questão de cultura podre, como o pai que molha o bico do filho na cerveja, pra que ele vá aprendendo a ser macho, ou as piadinhas de cerveja, os garotos de 10 anos que acham que são legais porque andam com uma latinha de cerveja na mão. Aliás, quem nunca viu na internet uma daquelas dezenas de orações da cerveja? Coisa mais retardada.


Ainda tem as famosas propagandas de cerveja, haha, são hilárias, o cara está no sofá, em casa, então tem aquela propaganda de um cantor com umas músicas filhas da puta de ruins, tocando pandeiro, tomando cerveja, em um bar super animado, cheio de garotas “gostosas”, uma diversão só, com as garçonetes de mini saia, e o cara é a pessoa mais feliz do mundo por estar tomando a cerveja. E aquela merda fica na cabeça do retardado em casa, ao ponto dele ir ao bar tomar a maldita cerveja, pra ver se cura o vazio da sua vida podre no meio da festa e da mulherada, então ele chega no bar, e vem aquele cara pesando uns 120 kgs atender o cidadão no balcão, a camisa deixa aparecer um pouco da barriga porque falta um botão, não tem nenhuma mulher gostosa, só um cara bêbado ao lado, falando coisas que ele nem entende, com um bafo de cachaça, um calor infernal enquanto o cara transpira sem parar, e toma a sua maravilhosa cerveja, quando não agüenta mais o mormaço e aquele cheiro de bêbado ele vai pra casa, sem a música, nem as mulheres, nem a diversão nem nada, e deita no sofá de novo, até vir a próxima propaganda de cerveja e o cara ficar de novo fantasiado com aquele mundo maravilhoso.


É esse é o nosso brasileiro louco por cerveja... Ainda insisto, tomem as suas cervejas, mas não ajam como animais acéfalos, não acreditem nas propagandas, nem sejam como macacos que determinam quem é legal por tomar ou não cerveja, não sejam boçais a tal ponto de não respeitar quem não gosta, não considerem a bebida como símbolo de grandiosidade ou pra determinar quem é “macho”, não encham a cara, se você acha isso legal você é um filho da puta, se drogue de uma vez, e tenha uma overdose logo, pro mundo se ver livre de você.


Usem a cerveja para algo a mais na hora de encontrar os amigos depois do trabalho ou no final de semana, e dar um pouco de risada, você pode até tomar veneno se quiser, mas não só porque vai se sentir “maneiro”, tome porque te faz realmente bem.


domingo, 7 de março de 2010

Pulseiras do Sexo


Hey..

Quem não as conhece?


Bom, se existir alguém que ainda não ouviu falar e está lendo esse post, vamos sintetizar... Ou não, que se foda também, procura no Google depois volta ler.


Espero que vocês saibam que não somos um desses blogs podres que vão falar sobre significado das cores, onde surgiu, onde comprar, bla, bla, bla. Mas felizmente também não somos essas merdas moralistas, que vai ficar dizendo o que você deve ou não fazer, cada um faz com a sua vida o que bem entender a maioria hoje é um lixo mesmo (é eu acordei de mau humor hoje)


Então, já que sabem do que estamos falando, e já sabem do que não vamos falar, vamos ao que interessa, de quem estamos falando... Bando de Retardados (olha o cara xingando a galera no blog) uuu.uu

.. É... Retardados, todos. A idéia é seguir a modinha? Poha, espero que vire moda se jogar de prédios, assim toda essa raça vai de uma vez só, cara, ontem entrei em uma loja, e vi no balcão caixas com essas merdas de silicone, com um preço que só mesmo alguém muito fissurado pra pagar por um lixo daqueles. E a garota do balcão me contava que fica sem jeito quando meninas de 12 anos vem perguntar o q significam as cores. Essa infância já era mesmo, não sabem nem ler Escrever direito e já querer fazer “sexo oral”. hahahah

Então vem aquela faixa de idade mais velha, que usa essas merdas, e é óbvio que não se propõe a fazer o que significa aquilo, a não ser que realmente queira, se um garoto arrebentar aquilo, e a garota simplesmente obedecer... Cara, ela é PUTA de mais, não precisaria de cordas de silicone pra mostrar isso.

E ainda tem aquela classe que acha que as pulseirinhas “ajudam” pessoas tímidas, que não sabem como falar e interagir com o sexo oposto.. hahahaha, agora você é um autista, e não sabe dizer meia dúzia de palavras, ou reconhecer quando alguém se interessa por você, precisa de pulseiras pra isso.aaaah, morra.


Resumindo... Retardados!


Ooo, uma notícia legal *-*, estão proibindo essas pulseiras nas escolas e em muitas cidades, as caçando nas lojas como drogas, exterminando todo esse mal.. Pfffffffffffffffff ¬¬

Retardados! (vou repetir muito essa palavra)

É, agora as lojas tem culpa se estão ganhando dinheiro pelo fato de vocês serem otários?


“Ah, mas os pais nem sabem o que está acontecendo com seus filhos!”


Aah, toma no cu, se uma garota transar com um estranho por causa dessa merda, não é fabrica de silicone que tem culpa das suas filhas serem oferecidas (ou vagabundas como preferir), aliás, se ela quer, deixa que transe, com pulseira ou não, o problema é dela, e não é um bando de juízes retardados querendo ser os salvadores da pátria que vão mudar isso.

Convenhamos, é tudo uma merda, eles acham que podem proibir tudo, moralistas do carálho, tá, está até parecendo redundância minha, mas como já falei, é só uma opinião, não sou contra ninguém usar essas merdas, continuem e sejam felizes assim, mas eu sentiria vergonha.


É, hoje eu realmente acordei de mal humor.


quarta-feira, 3 de março de 2010

Neuroses


Pra começar... Eu não sou louco!!

Haha, sério, enjoei de ser chamado de louco


Tudo bem, fico feliz por não ser confundido por aquele louco “pirado”, aquele cara q faz merdas inconseqüentes, ou que pula de uma ponte com uma corda na cintura, ah, normalmente esses caras são retardados mesmo, não loucos. Mas essa implicância com as manias, poxa, ninguém mais pode ter um jeito de falar diferente, falar uma coisa e fazer outra, se preocupar com antecipação, exagerar nas idéias, cantar sozinho na rua, conversar sozinho, discutir coisas perdidas, cara, tanta coisa q ninguém pode fazer, pq dizem que é louco ¬¬.


Então deixa eu montar a minha defesa.... Não somos loucos, somos neuróticos..

Aliás, todas as pessoas têm neuroses (diz a ciência), o nosso problema é que as de algumas pessoas tem intensidades diferentes, noções diferentes, só isso.


Loucos tem caráter psicótico, ou seja, loucura mesmo, são pirados, não unem idéias na cabeça, não tem noção de bom ou mau, sei lah, são Loucos concretamente. Joga psicose no Google.

E é muito importante vc descobrir e se encontrar nas suas neuroses, com certeza elas afetam a sua vida, elas formam a pessoa que você é, e ainda existem pessoas que tentam fugir delas, e insistem em dizer que desconhecem.


Neurose não é:


- Falta de Homem (ou de Mulher)
- Falta de pensamento positivo
- Cabeça ou mente fraca
- Falta de vontade
- Falta de ter o que fazer
- Ruindade ou maldade
- Influência espiritual
- Mal-olhado ou encosto
- Coisa "de sua cabeça" (isso é caspa)
- Falta de ter passado por dificuldades de verdade (isso é azar)
- Por nunca ter passado dificuldades
- Falta de uma boa surra
- A "gente é que permite"
- Conseqüência de ter tido de tudo na vida
- Conseqüência de não ter tido nada na vida
- Porque o pai separou da mãe
- Porque o pai era enérgico
- Porque o pai era omisso
- Porque não teve pai
- Porque a mãe era protetora
- Porque a mãe era omissa
- Porque não tinha mãe
- Porque soube que a mãe não era essa
- Porque "forçou demais a cabeça"
- Porque nunca "teve que forçar a cabeça"
- Porque a menstruação subiu para a cabeça
- Finalmente, porque misturou manga com leite...


Neurose não é sinônimo de loucura, assim como também, a pessoa neurótica não apresenta nenhum comprometimento de sua inteligência, nem de contato com a realidade. Seus sentimentos também são normais. Eles amam, sentem alegria, tristeza, raiva, etc., como qualquer pessoa.
A diferença entre uma pessoa neurótica e uma normal é em relação à quantidade de emoções e sentimentos e não quanto à qualidade deles.”


Lembram daquele cara... O Raul, é ele não era maluco, mas um neurótico com convicção, acho que também sou, e espero despertar isso em alguém agora, sabe, é simples, não vale a pena se esconder dessas coisas.Elas fazem mal? Não sei, mas se fizerem, e daí? O que não faz?

Neuroses não estão propriamente na formação cerebral, mas na personalidade, assim como o humor, a alegria, a preguiça, a crueldade, a indiferença, ou sei lah. Neurose é perfeita, estranhamente perfeita

Somos exagerados, impacientes, indecisos, falamos o que não devemos, não falamos o que deveríamos falar, somos rudes, doces, nos sentimos abandonados, odiamos estar no meio de muita gente, odiamos ter que fazer as coisas, odiamos as pessoas tbm odiar fazer. Aliás, provavelmente só você conhece as tuas neuroses, porque elas são suas, e ponto.


Então, nossos cérebros tem intensidades diferentes em relação aos sentimentos, não que ele invente, ele só reconhece de outra forma, não é pq não existe motivo pra se sentir sozinho que o neurótico não vai se sentir, e não vai sofrer por isso, destorcemos intensidades, mas ainda temos sentimentos.


Reconheça as suas loucuras, as suas neuroses, vc já seria um herói reconhecendo as próprias, não tenta adivinhar as dos outros, é uma sincera perda de energia.


Então, pode me chamar de louco, ou do que quiser, pessoas normais são extremamente sem graça ;*


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...